PortugueseEnglishSpanishFrench

A África viva em nós

R$44,00

A obra A África viva em Nós, desfiada pelo escritor Gustavo Aragão Cardoso, traz à linha e às entrelinhas temas pertinentes e atuais, que se revelam nos movimentos negros, na luta contra os preconceitos relativos à cultura africana no Brasil. A narrativa tecida pelo escritor presenteia o leitor com riqueza de imagens tecidas e que remontam à cultura extraordinária dos povos africanos, transmitida por meio da oralidade, de geração a geração. A narrativa traz uma história dentro da outra, resgata a lenda do Pássaro Marabu, além da figura marcante do Griô, contador de histórias, símbolo de sabedoria das civilizações africanas, que oportuniza ao leitor uma viagem pelo mundo maravilhoso da África, apresentando-lhe novos cenários e permitindo-lhe vivenciar significativas emoções. A narrativa também traz a representatividade da resistência, da força, da alegria e das belezas dos africanos, dos quilombolas, retratada pela linguagem, pelas cantigas e pelos símbolos culturais diversos que integram a obra.

Limpar
ISBN N/A Categorias , ,

informações adicionais

Autor(es) Relacionado(s):

Gustavo Aragão Cardoso

Organizador(es):

EDITORA

Brazil Publishing

LINGUAGEM

Português

ANO

2022

PÁGINAS

32

TAMANHO

21x21

ISBN - LIVRO DIGITAL

978-65-5861-919-2

DOI

10.31012/978-65-5861-919-2

Descrição

A obra A África viva em Nós, desfiada pelo escritor Gustavo Aragão Cardoso, traz à linha e às entrelinhas temas pertinentes e atuais, que se revelam nos movimentos negros, na luta contra os preconceitos relativos à cultura africana no Brasil. A narrativa tecida pelo escritor presenteia o leitor com riqueza de imagens tecidas e que remontam à cultura extraordinária dos povos africanos, transmitida por meio da oralidade, de geração a geração. A narrativa traz uma história dentro da outra, resgata a lenda do Pássaro Marabu, além da figura marcante do Griô, contador de histórias, símbolo de sabedoria das civilizações africanas, que oportuniza ao leitor uma viagem pelo mundo maravilhoso da África, apresentando-lhe novos cenários e permitindo-lhe vivenciar significativas emoções. A narrativa também traz a representatividade da resistência, da força, da alegria e das belezas dos africanos, dos quilombolas, retratada pela linguagem, pelas cantigas e pelos símbolos culturais diversos que integram a obra.