A cooperação jurídica internacional penal no terrorismo

R$43,00

O terrorismo é um fenômeno preocupante que consegue afetar toda a sociedade internacional, sendo encarado como um desafio a ser enfrentado por todos os países. A cooperação jurídica internacional penal, mecanismo de resposta essencial nos casos transnacionais, é o instrumento adequado em seu enfrentamento com algumas especificidades próprias.

Limpar

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2020
  • Tamanho: 14x21 cm
  • Páginas: 236
  • ISBN: 978-65-5861-069-4
  • eISBN: 978-65-5861-071-7
  • DOI: 10.31012/978-65-5861-071-7

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

O terrorismo é um fenômeno transnacional que vem sendo cada vez mais frequente, em que os ataques terroristas transmitidos pela mídia conseguem afetar todo o mundo e comovem a sociedade internacional. Os países se veem ameaçados pelo terrorismo e acabam adquirindo diferentes modos de enfrentamento, como a criação de novas tipificações que envolvam o terrorismo, acordos e convenções internacionais elaboradas, concordando entre si com a premissa de enfrentar o terrorismo, oferecem a previsão mecanismos como a cooperação jurídica internacional.

É um desafio tratar sobre o terrorismo e seu enfrentamento em razão da complexidade que o tema envolve, já que ele nem ao menos possui uma única definição específica. Nesse sentido, a cooperação jurídica internacional se apresenta como mecanismo essencial do Direito Internacional para o enfrentamento de questões transnacionais, considerando-se que a sociedade internacional é afetada como um todo, possuindo delimitações conceituais e principiológicas em seu âmbito geral. Assim, a problemática desta obra consiste na necessidade de investigar se as circunstâncias específicas que são observadas no terrorismo demandam um tratamento diferenciado do que é constatado nas demais áreas da cooperação jurídica internacional.