A representação do diverso no cinema de animação

Dias
Horas
Minutos
Segundos

A partir de R$20,00

“A representação do diverso no cinema de animação” é uma obra que busca mapear, analisar, quantificar e qualificar os personagens “diversos” presentes na História do cinema de animação dos principais estúdios norte-americanos (Disney, Pixar e DreamWorks). Diverso é o termo que o autor utiliza para classificar os personagens animados que apresentam um comportamento destoante da heteronormatividade.

Limpar

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2020
  • Tamanho: 16x23 cm
  • Páginas: 456
  • ISBN: 978-65-5861-220-9
  • eISBN: 978-65-5861-217-9
  • DOI: 10.31012/978-65-5861-217-9

Informação adicional

Peso 705 g
Dimensões 160 × 230 × 25 mm
Tipo do Livro:

E-book, Livro Físico

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

Este livro é o resultado de uma pesquisa de doutorado que buscou analisar os personagens do cinema de animação industrial que apresentam caracterizações, maneirismo, comportamento e estereótipos sexuais, que criam uma incógnita sobre suas sexualidades. Os filmes animados, muitas vezes considerados como um produto exclusivo para o público infantil, não abordam diretamente as sexualidades que divergem da heteronormatividade. Por isso nomeamos de “diverso” os possíveis personagens que destoam das normas da heterossexualidade padrão, a fim de mapear, analisar, quantificar e qualificar o intuito destas representações. No primeiro momento, os conceitos do teórico Stuart Hall sobre as práticas representacionais capazes de produzir ideologias, discursos e signos são aplicados no cinema de animação e associados ao antropomorfismo, que acreditamos ser uma maneira camuflada de representar tais personagens. Em seguida, caracterizamos o “diverso” e os motivos da escolha do termo para, então, propor um debate sobre o cinema como instância capaz de inscrever as normas de gênero e como o cinema de animação age como uma mídia capaz de propor uma pedagogia cultural específica. Depois, a partir do princípio da similaridade e diferença, mapeamos os personagens “diversos” presentes na História do cinema de animação dos principais estúdios norte-americanos: Disney, Pixar e DreamWorks. Após este processo, avaliamos e qualificamos o intuito das representações do “diverso” nos personagens dos filmes animados. Portanto, não se assuste ao se deparar com personagens clássicos como Úrsula, Gênio, Scar, Timão, Pumba, Edna Moda, Rei Julien e tantos outros que apresentam diferentes facetas da sexualidade.