Cartas de sabedoria: educação do pensamento e sentido da vida

A partir de R$29,00

A partir de uma pesquisa realizada sobre as Cartas a Lucílio, do filósofo Sêneca, cinco professores doutores do curso de Filosofia da Universidade Católica do Salvador, desenvolvem reflexões que atualizam a antiga sabedoria das cartas do filósofo latino no desafiante contexto existencial e político contemporâneo.

Limpar

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2020
  • Tamanho: 14x21 cm
  • Páginas: 148
  • ISBN: 978-65-5016-312-9
  • eISBN: 978-65-5016-313-6
  • DOI: 10.31012/978-65-5016-313-6

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

Este livro nasce em torno da tradução de seis Cartas a Lucílio do filósofo latino Sêneca, e se constitui como uma meditação filosófica que elege a educação do pensamento e o sentido da vida como o seu motivo central. […] É impressionante o que este livro conseguiu reunir em torno do pensamento universalista e ético de Sêneca. Mostra-se uma consistente resistência filosófica criadora nas vozes dos professores escritores que participam deste livro. Todos ressoam com Sêneca a partir de suas circunstâncias dialógicas e suas pegadas filosóficas. […] E porque para Sêneca a filosofia é studium virtutis, um guia para uma vida honesta, contemplativa e ativa simultaneamente, os autores deste livro raro também se afastam da filosofia puramente especulativa e meramente erudita, e mostram distância das discussões relativas as filosofias dos outros, porque realizam um modo próprio e apropriado de filosofar, seguindo com isso a lição fundamental de Sêneca, ser ele mesmo uma voz resplandecente e inconfundível no meio da multidão ignara da pertença divina e eterna de tudo. Por isso mesmo este é um livro importante como expressão da resistência criadora de seus autores em relação ao tempo em que o que vale está guardado em bancos e caixas-fortes, e em que a vida é desprezada em sua sacralidade eternal. Também a difusão de um plano de imanência constituído pelos filósofos aqui reunidos que projeta futuro para a filosofia como âmbito da educação do pensamento e o florescimento para o sentido da vida sem reservas e donatários hereditários.

(Dante Augusto Galeffi – Prefácio)