PortugueseEnglishSpanishFrench

Chico Bento - As representações sociais do discurso entre modernidade e tradição

A partir de R$15,00

A leitura do presente livro permitirá ao leitor uma reflexão sobre as contradições entre modernidade e tradição entre a sociedade, ligados ao Chico Bento e os problemas que são trazidos em suas aventuras. Ainda estão inseridas na obra questões do crescimento dos gibis no Brasil, bem como o contexto midiático no país.

Limpar
ISBN N/A Categorias ,

informações adicionais

Autor(es) Relacionado(s):

Peter Danilo de Castro Ferreira

Organizador(es):

EDITORA

Brazil Publishing

LINGUAGEM

Português

ANO

2021

PÁGINAS

102

TAMANHO

14x21

ISBN - LIVRO DIGITAL

978-65-5861-616-0

DOI

10.31012/ 978-65-5861-616-0

Descrição

Chico Bento, é um personagem de ficção criado por Maurício de Sousa, na qual a maioria das pessoas associa sua ligação com a Turma da Mônica como um todo. Entretanto, Chico possui uma atmosfera única com aventuras em sua cidade, entre peripécias e amores por sua rosinha. Chico Bento seria um garoto que vive com simplicidade, mas também carrega as marcas do menino preguiçoso e sabedoria popular.

No meio das aventuras na cidade fictícia de Santa Branca, interior do estado de São Paulo, está em pescar e nadar no riacho, roubar goiabas do “Nhõ Lau”, brincar com os amigos, ir a escola etc. São nesses cenários que nos deparamos com um ponto em questão: qual a modernidade e qual é a tradição em Chico Bento?Maurício busca transportar as gerações que leram os gibis de seu personagem para uma infância no Vale no Parnaíba, na qual escutava os “causos” de sua tia-avó, sendo uma forma de resgate de uma memória tradicional.O livro que o leitor tem em mãos uma obra que trata de Chico Bento e as contradições encontradas sobre a modernidade e a tradição, que ainda se mantém presente na atualidade em suas publicações. Além dessa leitura, estão ainda escritas na obra as buscas de um breve panorama nas publicações dos gibis, nascimento dos veículos de comunicação do país, crescimento da mídia e delimitação das características do homem do campo em outras obras literárias, ou seja, entender como os quadrinhos brasileiros se estenderam através das épocas, de 1961 até nossos dias, na perspectiva do personagem. Chico Bento seria um garoto que vive com simplicidade, mas também carrega as marcas do menino preguiçoso e sabedoria popular.