Congado de abaeté: gênese e formação

A partir de R$27,00

A compreensão que alcançamos a respeito do congado é que o processo de construção do ethos que o circunda está intimamente ligado a sua dimensão histórica, perpetuada pela tradição cultural de cada espaço aberto.

Limpar

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2019
  • Tamanho: 14x21 cm
  • Páginas: 142
  • ISBN: 978-65-5016-243-6
  • eISBN: 978-65-5016-316-7
  • DOI: 10.31012/978-65-5016-316-7

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

Falar do congado como um dos alicerces memorial de Abaeté significa não só o resgate um pouco da história local, mas também de parcela importante da cultura nacional. Uma história marcada por especificidades, sem, no entanto, perder de vista uma das temáticas sempre presentes na evolução do congado, a luta constante dos ideais de liberdade. Ideais que extrapolam os grilhões no tempo dos cativos que, atualmente, podem simbolizar uma sociedade mais justa e igualitária. Acreditamos que, por isso, o congado, ainda hoje, resiste e persiste para além dos anos em Abaeté. É perceptível o quanto a cidade tem lutado contra as investidas dos novos tempos, que insistem em sucumbir sua cultura em nome de um capitalismo consumista, no qual o conceito de tradição remonta ao velho e ultrapassado e que precisa ser superado pelo novo e moderno. Porém, apesar das dificuldades, o congado ainda persevera na cidade, assim como os negros das senzalas, congadeiros de hoje, procuram manter acesa a chama do fogo que resguarda suas raízes, mantendo suas tradições vivas.