(E-book) Formação de agentes ambientais mirins: Protocolo de aplicação de atividades de educação ambiental para professores da educação do campo

Dias
Horas
Minutos
Segundos

R$20,00 R$16,00

O produto educacional faz parte da dissertação da autora realizada no Mestrado Profissional em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais da Universidade Federal do Paraná. Apresenta ações de conscientização e Educação Ambiental na Escola Municipal do Campo Amparo – Paranaguá/PR.

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2021
  • Tamanho: 42659
  • Páginas: 57
  • ISBN:
  • eISBN: 978-65-5861-386-2
  • DOI: 10.31012/978-65-5861-386-2

Informação adicional

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

É com grande satisfação que compartilhamos esta obra com os professores da Educação do Campo, com os discentes e docentes da Rede do Mestrado PROFCIAMB e demais pesquisadores. Apresentamos o produto educacional desenvolvido durante a pesquisa de mestrado realizado no Programa de Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais da Universidade Federal do Paraná (UFPR), concluído em 2019. A obra intitulada “Protocolo de aplicação de atividades de Educação Ambiental para professores da Educação do Campo” originou-se a partir das atividades desenvolvidas na Escola Municipal do Campo Amparo, em Paranaguá. O protocolo reúne as atividades desenvolvidas em sala de aula durante o projeto de Educação Ambiental da autora, intitulado “Conhecendo o lugar onde moro”. Esse projeto surgiu da necessidade de se conhecer e refletir sobre as problemáticas percebidas pelos alunos, os quais fazem parte de um contexto social, econômico, cultural e político com características similares a uma comunidade insular, devido ao isolamento geográfico e acesso exclusivo pelo mar. Um dos principais propósitos desse projeto era reconhecer o lugar para valorizá-lo e preservá-lo. Verificou-se que debater temáticas ambientais com crianças das séries iniciais do ensino fundamental foi uma tarefa que exigiu criatividade e o desenvolvimento de ações de Educação Ambiental envolvendo os pais e a comunidade. O protocolo reúne algumas dessas ações, as quais serão apresentadas nesta obra.