Os cristais de KH2PO4,(NH4)H2PO4EK1-X(NH4)XH2PO4

A partir de R$21,00

O cristal de KH2PO4 pode ser utilizado em dispositivos eletro-ópticos como na geração de harmônicos em lasers para a obtenção de energia por fusão de hidrogênio. Nesta obra as análises elétrica e estrutural foram feitas para os cristais KH2PO4, (NH4)H2PO4 e K1-x(NH4)xH2PO4, com x entre 0 e 1.

Limpar

  • Editora: Brazil Publishing
  • Idioma: Português
  • Ano: 2019
  • Tamanho: 14x21 cm
  • Páginas: 92
  • ISBN: 978-65-5016-218-4
  • eISBN: 978-65-5016-219-1
  • DOI: 10.31012/978-65-5016-219-1

Autor(es):

Organizador(es):

Descrição

O cristal de KH2PO4 pode ser utilizado em dispositivos eletro-ópticos como na geração de harmônicos em lasers para a obtenção de energia por fusão de hidrogênio. A caracterização elétrica e estrutural dos cristais mistos de K1-x(NH4)xH2PO4, KDPx, foi feita por meio da análise termogravimétrica, análise de difração de raios X e dados de espectroscopia de impedância tomando como base as características do KH2PO4, KDP, e do (NH4)H2PO4, ADP, puros. O resultado de TGA mostrou os diferentes ambientes microscópicos estruturais ao redor do potássio e do amônio nos cristais mistos. A análise dos difratogramas nos cristais mistos mostrou que o comportamento estrutural está de acordo com a substituição do íon K+ por NH4+, proporcionando um aumento do parâmetro de rede c, gerando um deslocamento dos picos de difração na direção de baixos ângulos, principalmente, para planos que envolvem o eixo-c. A caracterização elétrica mostrou que a quantidade de portadores de cargas ativadas nos cristais mistos em regiões ricas em ADP são maiores que nos cristais em regiões ricas em KDP nas mesmas regiões de temperatura. O aumento do conteúdo de amônio ou potássio nos cristais mistos conduz ao aparecimento de distorções e defeitos na rede cristalina em composições intermediárias, e conseqüentemente, diminui a condutividade devido ao aumento das armadilhas de íons. Outros parâmetros dielétricos (ε* e σ*) reforçaram a compreensão das características elétricas e dielétricas dos cristais. O mecanismo de condução nos cristais é, possivelmente, devido ao hopping protônico e migração de íons mais pesados.