PortugueseEnglishSpanishFrench

Os negos do outro lado

A partir de R$20,00

Novela de realismo fantástico narra em prosa poética a formação da povoação do Jatobá e as histórias envolvendo os pretos da aldeia do outro lado do rio, estes construíram a margem do Rio São Francisco uma comunidade quilombola perdida até hoje em conflitos étnicos, raciais e superstições que remota desde o Brasil colônia como lugar sem leis e à mercê de crimes, delitos e injustiças.

Limpar
ISBN N/A Categoria Tags ,

informações adicionais

Autor(es) Relacionado(s):

Caio Evangelista

Organizador(es):

EDITORA

Brazil Publishing

LINGUAGEM

Português

ANO

2021

PÁGINAS

104

TAMANHO

14x21 cm

ISBN - LIVRO DIGITAL

978-65-5861-514-9

DOI

10.31012/978-65-5861-514-9

Descrição

O livro se enquadra na estética de realismo maravilhoso e narra em prosa poética a formação da povoação do Jatobá e as histórias envolvendo os pretos da aldeia do outro lado do rio, estes construíram a margem do Rio São Francisco uma comunidade quilombola perdida até hoje em conflitos étnicos, raciais e superstições que remota desde o Brasil colônia como lugar sem leis e à mercê de crimes, delitos e injustiças.

Em Os negos do outro lado, o nosso herói, Raimundo, nos leva nas águas do Rio São Francisco na busca da História do Brasil e dos Brasileiros durante 200 anos. Ele também nos apresenta o simpático casal de comentaristas da vida cotidiana, Redonda e Dimas; esses dois destilam o relato da crônica da Povoação do Jatobá (hoje Petrolina – PE) ao decorrer da história, e nos contam todas as anedotas sobre os demais personagens: as verdadeiras e imaginadas também.

Ao contar as histórias e tantas vezes deformá-las, o narrador nos leva a identificar nos Raimundos as suas ambiguidades, postas nas bocas de Dimas e Redonda envoltas de misticismo, poesia e realidade nua e crua.  É às margens do rio São Francisco uma série de acontecimentos mágicos ligando as personagens, num formato alternativamente teatral e narrativo, nos instiga a saber dos animais, da natureza e das coisas do povo deste e do outro lado, que fizeram memória e formaram uma povoação.