PortugueseEnglishSpanishFrench

Tarefas Colaborativas e Interculturalidade

A partir de R$44,00

Ensinar uma l√≠ngua estrangeira em escolas p√ļblicas brasileiras √© um desafio. Requer profundos conhecimentos lingu√≠sticos, pedag√≥gicos e did√°ticos. Mas acima de tudo, requer pr√°ticas colaborativas realizadas por meio de tarefas colaborativas com assuntos retirados da realidade onde os alunos est√£o inseridos. Para, em seguida, ir al√©m, ensinar l√≠ngua e cultura para al√©m da vis√£o local, ensinar para que os alunos se tornem cidad√£os interculturais.

Tarefas colaborativas e interculturalidade no ensino de espanhol a aprendizes de uma escola p√ļblica atribui valor √† l√≠ngua espanhola e √†s intera√ß√Ķes que surgem no ensino-aprendizado desse idioma na escola p√ļblica. Al√©m disso, proporciona aos professores de l√≠nguas estrangeiras, mas principalmente aos de espanhol, formados e em forma√ß√£o, o acesso a quest√Ķes te√≥ricas e pr√°ticas relacionadas ao ensino da l√≠ngua espanhola.

Limpar

informa√ß√Ķes adicionais

Autor(es) Relacionado(s):

Tania Beatriz Trindade Natel

Organizador(es):

EDITORA

Brazil Publishing

LINGUAGEM

Português

ANO

2019

P√ĀGINAS

242

TAMANHO

16x23 cm

ISBN - LIVRO DIGITAL

978-85-68419-82-3

DOI

10.31012/tarefascolaborativaseinterculturalidade

Descrição

Nesta obra discuto a complexidade que envolve o ensino de línguas estrangeiras e proponho aos professores formados e em formação um vasto embasamento teórico, os quais, alinhados ao pensamento vygotskiano, dialogam com outros teóricos da área da linguagem e da Linguística Aplicada, da Pedagogia e da Psicologia.

Apresento os resultados de um projeto desenvolvido para alunos do nono ano do ensino fundamental, utilizando-se de tarefas colaborativas, a fim de promover o ensino-aprendizagem da l√≠ngua espanhola. A metodologia utilizada no estudo √© a da pesquisa-a√ß√£o inserida na linha de pesquisa qualitativa com um olhar de cunho interpretativista, conforme Richard (2003), situado no campo da Lingu√≠stica Aplicada e os resultado foram triangulados em forma de v√≠deo, √°udio, di√°rios e produ√ß√Ķes escritas.

Através do livro oportunizo aos docentes um conjunto de nove tarefas colaborativas orais e escritas para ensinar espanhol, mas que podem ser adaptadas para ensinar qualquer língua estrangeira de forma significativa, levando em consideração a realidade dos aprendizes. Tais tarefas foram desenvolvidas, cada uma delas, em média, em cinco aulas, totalizando 44 aulas planejadas.

A leitura da obra √© um convite aos professores de l√≠nguas estrangeiras e de outras disciplinas escolares, porque no estudo empreendido foi constatada que a incorpora√ß√£o de tarefas colaborativas ao contexto de sala de aula de escolas p√ļblicas pode ser uma importante alternativa ao trabalho com um n√ļmero excessivo de alunos, pois esse tipo de atividade √© capaz de manter a aten√ß√£o e o interesse de um grande n√ļmero deles por mais tempo.